Dezembro chegou e com ele os gastos excessivos gerados pelas férias e festas de final de ano. Mas para te ajudar a combater este vilão financeiro, listamos nesse post os 7 erros que deixam a sua conta no vermelho e como fugir do perrengue em janeiro.

Já sabemos que 2019 foi um ano instável no quesito econômico, afinal cerca de 65,1% das famílias brasileiras declararam ter algum tipo de dívida, segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no mês de novembro.

No entanto, existem algumas ações que podem te ajudar a sair do vermelho e começar 2020 com as contas em dia, ou pelo menos organizadas. O primeiro passo é identificar a raiz do problema, ou seja, quais hábitos estão errados e gerando dívidas. Mas você também pode fazer outras escolhas para evitar a conta no vermelho:

  1. Cartão de crédito pode ser vilão da sua vida financeira

    Um dos maiores erros é achar que o cartão de crédito deve ser usado sem cerimônias ou sem emergências. Esse é um dos artifícios de compra com as maiores taxas de juros e, além disso, as compras desenfreadas no cartão geram um desespero futuro, já que às vezes esquecemos que a conta vai chegar, né?

O correto é estar sempre no aplicativo do banco de olho nos gastos do cartão ou até mesmo anotando tudo em uma planilha. Estabeleça um teto de gasto mensal para o cartão de crédito, mesmo que o seu limite seja alto.

  1. Motorista por aplicativo para ir a qualquer lugar

O conforto de pedir um carro por aplicativo tem conquistado muita gente. O Brasil já é o segundo maior mercado da Uber no mundo, segundo dados da própria empresa.  Não tem nenhum problema em optar por aplicativos na hora de se deslocar, o problema é que quando fazemos isso sem limites, mesmo que pequenas viagens, quando somadas, se tornam uma dívida enorme no final do mês.

Que tal escolher o transporte público ou caronas para aquelas idas e vindas diárias? Trabalho, faculdade, por exemplo, podem ser mais econômicos com transporte público, você concorda? Assim, você pode deixar o aplicativo para circunstâncias de urgência ou quando você pode dividir com amigos.

  1. Comer fora todos os dias

Se você trabalha longe de casa e tem que almoçar todos os dias fora, já deve ter reparado que os gastos com comida prejudicam as contas no fim do mês. Levar comida de casa é trabalhoso, mas o seu bolso vai agradecer no fim das contas.

Mesmo para quem ganha vale refeição, levar marmita pelo menos 3 vezes na semana e economizar para usar esse dinheiro em momentos sociais, como jantar com amigos, por exemplo é uma ótima forma de aliviar as contas.

Se planeje para deixar a comida da semana pronta no domingo, assim fica mais fácil de manter a disciplina. Além disso, vai negar que não é mais gostoso e saudável uma comidinha bem feita e com temperinho caseiro?

  1. Comprar sem precisar 

Sair para dar uma voltinha despretensiosa no shopping e voltar com compras desnecessárias que prejudicam o seu orçamento mensal, quem nunca?

Essa falta de controle às vezes pode deixar qualquer conta no vermelho. Toda compra que fazemos merece aquele minutinho de reflexão: “eu realmente preciso disso?”.

Comprar itens que não precisamos geram mais arrependimento na hora de fechar o mês, considerando que as compras não planejadas são a razão de não conseguirmos guardar dinheiro.

  1. Parcelar compras sem freio

A possibilidade de parcelar nos dá a oportunidade de adquirir coisas que não conseguiríamos comprar à vista. Porém é importante estabelecer algumas regras antes de sair por aí parcelando qualquer compra.

Evite acumular mais de uma parcela por vez, planeje suas compras para terminar de pagar uma conta parcelada e só depois entrar em um novo parcelamento.

Compras rotineiras como mercado, açougue e farmácia jamais devem ser parceladas, afinal, você irá acumular dívidas já que todo mês terá que realizar uma nova compra.

Os juros das parcelas também merecem a nossa atenção. Dependendo do número de parcelas e do estabelecimento os juros podem não compensar a facilidade.

  1. Gastar mais do que ganha 

    Se as suas contas estão mais altas do que o seu salário, você não tem possibilidade de guardar, investir ou começar o próximo mês em dia. Essa conta que não fecha no final pode ser resolvida com um planejamento financeiro. O que nos leva ao último erro:

  1. Falta de planejamento financeiro 

Você passa por sofrimento todo final de mês? Fica caçando na conta o que te fez gastar tanto? E o pior, toda fatura é uma surpresa, você nem sabe quanto gastou? Então, o que falta na sua vida é planejamento financeiro.

O início é complicado, mas depois você vai perceber que gastar um tempinho com uma boa planilha, é fundamental para não passar sufoco e poder investir na realização de sonhos maiores.

Dá uma olhada no texto Como organizar um bom planejamento financeiro para 2020 aqui no blog e já comece o próximo ano com as contas em dia.

E saiba que para todo investimento, temos um plano até mesmo para você que precisa evitar deixar a conta no vermelho! Consulte as opções do Consórcio Magalu e planeje suas conquistas sem comprometer o limite do cartão de crédito, de forma planejada e econômica.