Quem é que não gosta de se sentir bonita sempre? Um bom corte de cabelo, uma limpeza de pele e uma hidratação não fazem mal a ninguém, não é mesmo? Pelo contrário, só nos enchem de confiança e autoestima.

E é justamente com esses pensamentos que o mercado de beleza não para de crescer em nosso país. Para ter ideia, em média, são abertas mais de 7 mil empresas por mês, todas diretamente relacionadas à área.

De acordo com as estatísticas, grande parte dessas empresas são pequenos salões de beleza com 1 ou 2 funcionários e que deixaram de ser informais e passaram a ser microempreendedores legalizados, com obrigações e deveres que proporcionam melhores condições para os trabalhadores.

Só o ano passado, esse nicho de mercado movimentou mais de 59,3 bilhões de reais, tendo como os principais consumidores o público feminino. Em relação às classes econômicas, ao contrário do que muitos pensam, quem lidera é a classe C.

E aí, ficou interessado em entrar nesse mercado? Você tem o sonho de abrir seu salão de beleza e ter sua independência financeira? O Consórcio Luiza pode te dar uma mãozinha nessa missão.

Além de pagar tratamentos de beleza, com a carta de crédito de serviços, você pode ter o capital inicial que precisa para abrir o seu próprio negócio.

Acesse www.consorcioluiza.com.br e saiba mais.